Gordura abdominal: Confira oito dicas para perder a gordura abdominal

8 Dicas de como perder Gordura Abdominal por Rosi Feliciano

Olá pessoal, tudo bem???


O inverno esta chegando ao fim, mas ainda da tempo de correr para baixar uns números 


da balança, perder aquela barriguinha com uma gordura abdominal que nós detestamos, 


não é verdade?!


Se você também quer perder gordura abdominal assim como eu, vem comigo conferir 


essas dicasda Rosi Feliciano que com certeza irão nos ajudar!


http://www.estou-crescendo.com/2016/08/como-perder-gordura-abdominal-confira.html



Aqui estão oito maneiras da Rosi Feliciano que podem ajudar a emagrecer, perder a 


gordura abdominal e a reduzir a sua insulina.


1. Comer frutas vermelhas:

Comer frutas vermelhas ajudará a se livrar da gordura abdominal?

De acordo com um estudo publicado no Journal of Nutrition, uma dose diária de 


ingredientes bioativos de blueberries também aumenta a sensibilidade à insulina e pode 


reduzir o risco de desenvolver diabetes em indivíduos em risco.

Os pesquisadores descobriram que os participantes obesos e não diabéticos 


insulinorresistentes.

Que consumiram um suco de mirtilos diariamente por seis semanas experimentaram uma 


mudança de 22 % na sensibilidade à insulina, em comparação com apenas 4,9 por cento 

no grupo placebo.

Perderam mais gordura abdominal e sentiram mais propensos a vida sexual.

No Brasil o blueberries e mirtilos podem ser substituídos por amoras, framboesas, uvas, 


morangos e açaí. Não é a mesma coisa mais vai trazer bons resultados.

2. Tomar vitamina D:

Avitamina do sol pode ajudá-lo a obter um diafragma melhor, para não mencionar a 


impulsionar seus hormônios.

Um estudo publicado no British Journal of Nutrition mostrou que as mulheres que 


receberam uma dose diária de 4.000 UI de vitamina D3 mostrou melhorias em sua 


resistência de insulina após seis meses de suplementação.

Você pode desejar ter seu nível de sangue de vitamina D3 testado pelo seu médico em 


algum momento;

O conselho para a quantidade de vitamina D recomenda manter níveis séricos de sangue 


de 125nmol/L e os participantes cujos níveis de vitamina D foram entre 80 e 119nmol/L 


tinham as maiores melhorias na resistência à insulina.

3. Adicione canela a suas receitas:

Um grupo do centro de pesquisa de nutrição Beltsville encontrou que canela reduz o 


níveis de açúcar no sangue, colesterol total e LDL-colesterol em indivíduos com diabetes 


tipo 2, depois de apenas 40 dias de consumo de uma a seis gramas de canela por dia.

4. Adicione o oleaginosas para sua dieta

As oleaginosas ajudam a emagrecer, ajudar a perder a  gordura abdominal, a sentir mais 

saciado, da mais vontade beber água e possuem diversos benefícios a saúde.


Um estudo em mulheres descobriu que a frequência de consumo de oleaginosas tinha 


uma associação inversa substancial e altamente significativa, com redução no risco de 


desenvolver diabetes tipo 2.


Era 30% menor naqueles que consumiram mais oleaginosas de cinco ou mais vezes por 


semana e 20% menor naqueles que consumiram oleaginosas de uma a quatro vezes por 


semana em comparação com aqueles que quase nunca comem oleaginosas.

Um estudo publicado na revista Diabetes conta também constatou que consumo de 


oleaginosas significativamente diminuiu a resistência à insulina durante quatro meses e 


pode proteger contra o diabetes tipo 2.

Outros estudos mostraram resultados semelhantes para muitos tipos de oleaginosas.

Recomenda comer oleaginosas (castanha do Para, amendoim, pistache, amêndoas, nozes, 


avelãs simplesmente variar) como uma fonte de gordura, uma vez por dia.

5. Ter zinco suficiente:

Se o seu corpo é resistente a doenças e funciona bem o emagrecimentos e a perda da 


gordura abdominal é rápida e duradoura.

Pense assim: carro quebrado anda bem?

Para tudo funcionar bem no seu corpo não da para esquecer do zinco, ele melhora a 


atividade sexual, imunológico e você terá mais energia durante o dia para atividades 


físicas, dominará melhor ou seja terá um carro novo.

O zinco é necessário para a atividade de mais de 300 enzimas no corpo é também uma 


das mais comuns deficiências minerais encontrar na prática clínica.


Na verdade, de acordo com um estudo publicado no American Physiological Society, 


ratos que foram alimentados com uma dieta deficiente de zinco demonstraram uma 


resistência periférica à insulina dentro de apenas cinco semanas de alimentação!


Achar alimentos ricos em zinco não é fácil os alimentos de mais concentração são ostras 


39mg e na carne vermelha 8mg a cada 100gramas, então pense na ideia de suplementar 


entre 5 – 15 mg/dia de zinco.

6. Manter-se ativo

Para perder a gordura abdominal e necessário emagrecer e para emagrecer e manter é 

necessário se exercitar.


Não estou dizendo para você malhar ate suas ultimas forças, estou dizendo para ser 


ativo o tempo todo e ainda tem uma atividade física mais intensa de pelo menos 30 


minutos por dia.


Feriado pode te deixar três dias largados no sofá isso vai fazer você se sentir letárgico e 


ainda terá um efeito negativo sobre a sensibilidade à insulina.

Um pequeno estudo com 12 participantes entre 20 e 35 anos que em média 12.956 passos 


por dia e reduziram a sua atividade a 4.319 passos por dia (como medido por um 


pedômetro e confirmado com um acelerômetro).

Esta simples mudança resultou em uma queda de 30% na sensibilidade à insulina e 


reduzir a resposta de glicose após as refeições.


Outros estudos têm mostrado que apenas uma sessão de exercício de alta intensidade 


pode melhorar a sensibilidade à insulina em adultos saudáveis e aqueles com diabetes 


tipo 2.

7. Comer cerejas:

Os pesquisadores constataram que as cerejas possuem benefícios significativos para a 


saúde incluindo a gordura da barriga reduzida.

No estudo, ratos que consumiu pó de cereja em sua dieta durante oito semanas 


mostraram tolerância à glicose melhorou e a sinalização de insulina.

Isso quer dizer corpo mais saudável e perda de peso com redução da gordura abdominal.

Como um bônus adicionado, estes frutos são ricos em melatonina e podem melhorar seu 


sono.

Adicionar a seus smoothies ou saborear um lanche com ½ xícara de iogurte grego, ¼ 


xícara de cerejas e uma colher de sopa de nozes misturadas junto.

8. Dieta desintoxicante ajuda a perder barriga?

Rosi Feliciano criadora do Plano Detox grátis explica que sim.

A dieta é feita com uma base nutricional muito boa, com: alimentos naturais, de baixa 


caloria, diuréticos, ajuda a eliminar inchaço e gordura.

Mesmo sendo uma dieta de curta duração o resultado é o emagrecimento rápido e uma 


barriga menor.

A dieta de desintoxicação foi desenvolvida para limpar o corpo de toxinas, fazendo isso 


de forma saudável e eficaz o organismo começa a trabalhar melhor e com isso o corpo 


passa a queimar mais gordura e calorias do que antes trazendo benefícios e 


emagrecimento ao corpo.

O melhor método para perder barriga é ter o corpo limpo e saudável com boa dieta, 


exercícios e sono!

Todas essas dicas melhoram os níveis de insulina no corpo.

Se você tem pneuzinhos, barriga aparente pode ser sinal de nível de insulina está muito 


alto.

Insulina demasiada estimula o seu corpo para armazenar a glicose e também bloqueia o 


uso da gordura armazenada como fonte de energia um golpe duplo para qualquer cintura.


Então pessoal o que acharam das dias da Rosi, para ajudar a perder a gordura abdominal 

e ficar livre daquela barriguinha chata???

Eu confesso que adorei e vou tentar segui- las depois eu vou contando como esta sendo a 

minha diminuição da gordura abdominal!

beijocas

4 Comments

  1. Pamela Sensato agosto 24, 2016
  2. Rosi Feliciano agosto 24, 2016
  3. Alessandra Moreira ♥ agosto 25, 2016
  4. Blog Detox dezembro 29, 2016

Add Comment